Mudança de hábitos: dicas comportamentais para te ajudar

130

Responda rápido: qual mau hábito você gostaria de mudar agora mesmo? Perder peso, entrar na academia, tomar menos café, terminar de ler um livro, roer unha… Esses são alguns dos hábitos que aparecem na listinha de metas da maioria das pessoas no início do ano, mas poucos chegam em dezembro com o tão sonhado “check” ao lado dos desejos.

Todo mundo tem algumas formas nocivas do comportamento e, normalmente, conseguem reconhecer quais são, mas encaram muitas dificuldades para encarar a mudança de hábitos. Só que esses comportamentos podem ser extremamente prejudiciais, principalmente aqueles que estão relacionados com a saúde.

De acordo com a última Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), publicada em junho de 2018, pelo Ministério da Saúde, a obesidade atinge 18,9% da população brasileira e o sobrepeso é uma realidade para 54% dos compatriotas.

Esse número é muito preocupante. Atualmente, os brasileiros consomem menos comidas saudáveis, mais refrigerantes e são sedentários. É preciso mudar os hábitos para garantir mais saúde e, consequentemente, diminuir esses índices assustadores.

Como driblar a vontade de ficar na cama até mais tarde? Ou a vontade incessante de comer um fast food? É um desafio, dá trabalho e é preciso estar muito focado no seu desenvolvimento pessoal, mas está longe de ser impossível.

Dicas para mudar maus hábitos   

  • O primeiro passo é reconhecer quais são esses hábitos e identificar qual é o gatilho que provoca a tal atitude. Exemplificando: se uma pessoa que rói a unha liga a televisão e a mão automaticamente vai à boca, ela precisa criar um novo estímulo e, assim, criar um novo hábito.
  • É necessário começar aos poucos para que a sua mudança seja eficiente. Não adianta querer abraçar o mundo. Faça uma lista de prioridades de mudança e vai trabalhando aos poucos cada item.
  • Não pense em correr antes de caminhar. Ser radical não funciona durante a mudança de hábitos! Se você quer começar a fazer exercícios físicos, comece caminhando poucos minutos diariamente e não correndo uma maratona.
  • Errou? Não fique se sentindo pressionada e volte para a rotina. É normal que os deslizes aconteçam, mas é importante saber continuar com o objetivo.
  • Conte com ajuda de profissionais. Se você deseja emagrecer, é indispensável contar com os auxílios de um nutricionista. Ele saberá qual é o melhor caminho a seguir, de acordo com a sua rotina e os seus objetivos.
  • Aprenda a se recompensar. É comprovado cientificamente que as recompensas são os maiores incentivadores dos bons hábitos.
  • Mantenha uma imagem clara de onde você quer chegar e tenha maturidade para driblar os sabotadores que aparecerão no seu caminho.
  • Não espere pela próxima semana, mês ou ano. A hora de mandar embora o que te incomoda é agora.

Gostou dos truques? Acompanhe a Move no Facebook e no Instagram também. Estamos sempre por lá compartilhando dicas de saúde e bem-estar.

Foto: Shutterstock

Last modified: 5 de Fevereiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *